Renault na Fórmula 1

Sucesso como equipe e fornecedora de motores

  • Alt Image C29

Impulsionados pelo espírito Renault Sport.

Há mais de 40 anos, a Renault é referência técnica na Fórmula 1. Em 1977, a marca foi responsável pelo desenvolvimento e introdução do primeiro motor turbo da história da categoria,uma motorização que seria adotadapor todas as equipes depois disso. 

Obtendo vitórias com seus próprios carros, a Renault também ganhou espaço como fornecedora de motores, conquistando títulos com as equipes Williams, Benetton e Red Bull, além de vitórias com a Lotus. 

Como equipe, foi campeã de Pilotos e Construtores nas temporadas de 2005 e 2006, com o piloto espanhol Fernando Alonso.

As novidades no AlpineA521

renault-rs-2.0

O novo Alpine A521 é feito de fibra de carbono e alumínio honey combe pesa apenas 752 kg, o mínimo exigido por regulamento. O carro tem 5,4 metros de comprimento e 2 de largura, foi projetado com base no Renault R.S.20, mas com significativas mudanças no assoalho, nas lâminas do difusor e nos dutos dos freios traseiros.

Tecnologia avançada no Renault E-TECH 20B

renault-etech-20

Seguindo o compromisso com as mais avançadas tecnologias, a expertise da Renault permitiu o desenvolvimento de uma moderna unidade de potência híbrida, que une o motor de combustão V6 turbo 1.6 de seis cilindros a dois motores elétricos (MGU-K e MGU-H), entregando mais de 950 CV para os pilotos.

Descubra as especificações técnicas do Alpine A521 e do Renault E-TECH 20B

Uma equipe experiente

Fernando Alonso

Fernando Alonso chegou à categoria em 2001 como contratado da equipe Minardi, e sua relação com a Renault teve início já no ano seguinte. Primeiro, como piloto de testes. Depois, como titular. A primeira vitória veio no GP da Hungria de 2003.

Pilotando pela Renault, Alonso se tornaria bicampeão mundial nas temporadas de 2005 e 2006. Ele é atualmente o sexto maior vencedor de todos os tempos na Fórmula 1, atrás apenas de Lewis Hamilton, Michael Schumacher, Sebastian Vettel, Alain Prost e Ayrton Senna.
 
Seu retorno pela Alpine-Renault visa conduzir a equipe a novas conquistas.

Saiba mais sobre o Alonso

Esteban Ocon

Juventude aliada à experiência. Esses são os diferenciais do piloto francês Esteban Ocon, que disputa sua quinta temporada na Fórmula 1, tendo competido pela Manor (2016), Force India/Racing Point (2017-2018) e, agora, Alpine-Renault (desde 2020).


Em 2019, Esteban também foi piloto de testes da Mercedes. Sua estreia na Fórmula 1 veio depois de resultados bastante consistentes nas categorias de base, como os títulos da Fórmula 3, contra Max Verstappen, e da GP3.


Sua primeira vitória na Fórmula 1 foi conquistada no GP da Hungria de 2021.

Saiba mais sobre o Ocon

Rumo à Fórmula 1

Aos 19 anos de idade, o brasileiro Caio Collet é uma das apostas de futuro da Alpine F1 Team. O currículo do piloto traz conquistas de destaque como o título francês de Fórmula 4 e o vice-campeonato europeu de Fórmula Renault. Em 2021, Collet disputa sua primeira temporada pela Fórmula 3, correndo na preliminar dos Grandes Prêmios de Fórmula 1.

Alpine Academy

A Alpine Academy é o programa de desenvolvimento de jovens talentos da equipe Alpine F1 Team. Consiste em descobrir, apoiar e preparar pilotos de grande potencial desde as categorias de base. Em 2021, fazem parte da academia o brasileiro Caio Collet, o francês Victor Martins, o australiano Oscar Piastri, o dinamarquês Christian Lundgaard e o chinês Guanyu Zhou.

Nossos principais parceiros

Conheça melhor os parceiros da Alpine F1 Team

renault-F1-team

Venha para a Renault

Nosso site e seus parceiros usam cookies para medir a audiência e o desempenho do site, para mostrar publicidade e conteúdo personalizado e/ou a geolocalização e para permitir que você interaja com o nosso conteúdo através das redes sociais. Você pode alterar suas escolhas a qualquer momento, acessando a seção "Cookies" de nosso site.

saber mais