Aliança Renault Nissan

A Aliança Renault-Nissan, firmada em março de 1999, é a primeira parceria industrial e comercial de seu tipo envolvendo uma companhia francesa e outra japonesa. Um verdadeiro sucesso.

Há mais de 10 anos a Aliança Renault-Nissan constitui um grupo único, sem paralelo, de duas empresas automobilísticas multinacionais. O sucesso da união é embasado pelo respeito incondicional à individualidade de cada uma das marcas.

Essa parceria tem se revelado uma estratégia bastante positiva para as duas empresas, que juntas formam o quarto maior grupo automobilístico do mundo.

Os números são incríveis: as vendas de veículos combinados aumentaram de 4,9 milhões de unidades em 1999 para mais de 7,27 milhões de unidades em 2010 (incluindo vendas AvtoVAZ).

 

A Aliança persegue um objetivo claro e bem definido:

Estabelecer um poderoso grupo automotivo e desenvolver sinergias, respeitando a cultura e identidade de cada marca. A Aliança é construída sobre valores de confiança e respeito mútuo, implementando uma estratégia de crescimento rentável.

O objetivo da Aliança é estar entre as três maiores montadoras em termos de:
qualidade e valor dos produtos e serviços em cada região e segmento de mercado.
novas tecnologias para motores, eletrônicos e meio ambiente.
lucro operacional.
 

Os resultados demonstram o sucesso:

Desde sua criação, a Nissan obteve uma notável recuperação financeira. Já a Renault reforçou as suas bases em termos de desempenho operacional e acelerou o seu desenvolvimento internacional.
 
Experiência combinada e compartilhamento de tecnologia:
• A Nissan trabalha no desenvolvimento de novos motores a gasolina, enquanto Renault se concentra em motores diesel.
• A Nissan participou ativamente no desenvolvimento do primeiro cross-over do grupo Renault  que foi concebido e desenhado pela Renault, e é fabricado pela Renault Samsung Motors na Coréia do Sul.

A Aliança também conquistou um crescimento internacional em mercados emergentes. A parceria com a montadora russa AvtoVAZ é um bom exemplo.

Fábrica