Em dezembro de 2013, a Renault comemora 15 anos de produção no Brasil. Hoje, temos orgulho em ser
a quinta maior montadora do país, com uma rede comercial de mais de 250 pontos de venda.

A Renault
em números

Hoje a Renault é a quinta maior montadora
do país e possui uma rede comercial com
mais de 250 pontos de venda. Em 2012,
comercializou mais de 241.000 veículos,
registrando 6,6% de participação de mercado.

+ 6.500 colaboradores diretos + de 25.000 empregos indiretos no Paraná

NOSSA HISTÓRIA

A Renault está presente em 118 países
nos cinco continentes e tem mais de
100 mil colaboradores em todo o mundo.

Mais de 250 pontos
de venda no Brasil.

  15 ANOS DE
RENAULT NO BRASIL



Em 27 de outubro de 1995 foi criada a pessoa jurídica “Renault do Brasil Automóveis”. Só faltava definir em qual estado e município a nova fábrica seria construída.

Em 29 de março acontece a cerimônia de lançamento da pedra fundamental na área de São José dos Pinhais – PR, local definido para a construção do Complexo Ayrton Senna (CAS), com a presença de Louis Schweitzer.

CRONOLOGIA
Clique sobre os anos e saiba os fatos que marcaram a história da Renault.

 

 

  • 1998
  • 1999
  • 2000
  • 2001
  • 2002
  • 2003
  • 2004
  • 2005
  • 2006
  • 2007
  • 2008
  • 2009
  • 2010
  • 2011
  • 2012
  • 2013
 • Em 4 de dezembro, foi inaugurada a primeira fábrica do CAS, o Centro de Veículos de Passeio (CVP). O evento contou com as presenças de Viviane Senna, o Presidente da República Fernando Henrique Cardoso, o  Governador do Estado Paraná Jaime Lerner e Louis Schweitzer.   • A Renault inaugura o segmento das Minivans
no Brasil com o modelo Scénic.
 •  Renault inicia a produção do Clio.    • Em dezembro, é inaugurada a Fábrica
de Motores do Complexo Ayrton Senna.
 • Lançamento do Clio Sedan.   • Início da produção dos motores 1.0 16V e 1.6 16V.
    • Inauguração do Armazém Central de Peças
e da Fábrica de Veículos Utilitários
• Em outubro de 2002, a Renault passa a produzir
32 carros por hora.

• Início da produção do Master PH1 e do Clio hatch 3 portas.

• Início da produção do motor 1.0 8V.  
 

• Renault Scénic, Clio Hatch e Clio Sedan recebem
o prêmio “Os Eleitos” da revista Quatro Rodas.

• Lançamento da Fórmula Renault e Copa Clio no Brasil.
    • Clio Hatch e Scénic recebem o prêmio “Os Eleitos”
da revista Quatro Rodas.
• Lançamento do Renault Clio com motor Hi-Flex 1.6 16v.    • Início da produção das novas versões
do Clio Hatch 5 portas e Clio Sedan.
• Início das operações do armazém de peças
de São José dos Pinhais.  
  • Lançamento do Clio
com motor 1.0 16v bicombustível.
• Início da produção do Mégane Sedan e
do Mégane Grand Tour.  
 
• A Renault atinge marca de 500 mil veículos
produzidos no acumulado.

• Em dezembro, a Fábrica de Motores alcança
a marca de 1 milhão de motores produzidos.


• Início da produção de Logan e Sandero.

• Início da produção dos motores 1.6 8V.   
  • O Renault Tecnologia Américas (RTA) é instalado
no Brasil para desenvolver produtos voltados às
necessidades e ao perfil do consumidor
latino-americano. Hoje, conta com uma equipe de
mais de 600 engenheiros.
• Em abril acontece a inauguração do Design America
Latina (RDAL), o primeiro estúdio de design da marca
no continente americano  
 

• O Sandero Stepway chega ao mercado.
• Em março é realizado o primeiro
RoadShow Renault F1 em São Paulo.

• Chegada do Symbol ao mercado brasileiro.
  • Renault entra no Twitter.

• Ano da França no Brasil, comemorado com
as exposições “A Renault de Doisneau” e
“Arte Moderna”.


• Durante o Salão do Automóvel de São Paulo,
acontece o lançamento do Instituto Renault.   
  • Renault inicia sua participação no Facebook.
• Chegada do Fluence ao mercado brasileiro.

• A Renault atinge a marca de 1 milhão de veículos vendidos,
2 milhões de motores produzidos e 6mil colaboradores.

• A Renault é eleita pela 1ª vez uma das 150 melhores empresas
para se trabalhar, segundo a Revista Exame.   
 

• Início da produção do Duster.

• O presidente Carlos Ghosn anuncia o plano de R$ 1,5 bi de investimentos para o período de 2010-2015.

• O Brasil torna-se o 2º maior mercado da marca dentro do Grupo, superado só pela França.
• Início da produção do Novo Master.

• Firmados os naming rights do Expo Renault Barigui, em
Curitiba (PR) e do Teatro Renault, em São Paulo (SP) e
também o patrocínio do Festival de Teatro de Curitiba.   
 

• Inauguração do prédio da estamparia e início
das operações da nova linha de cortes com capacidade atual
de 284.000 peças/mês.

• Inauguração do primeiro Renault Minuto e Renault Pro+.

• Renault encerra o ano com venda de 241 mil unidades e
6,6% de participação de mercado.


• A fábrica de automóveis aumenta a capacidade de produção
de 220mil para 320mil veículos por ano. Inauguração do novo
Centro de Preparação Logística com um movimento diário de
200 caminhões e 25 contêineres.  
 

• Início das vendas dos carros elétricos da Renault no Brasil.

• Lançamento do Novo Renault Logan.